Como escolher a mesa de jantar perfeita para sua casa

Vinicius Pestana

Updated on:

Sala de jantar em apartamento

Chegou a hora de escolher a mesa de jantar para a sua casa, mas por onde começar? Para não errar na hora da compra, é preciso analisar alguns detalhes fundamentais, como tamanho, formato, estilo, etc. Por isso, hoje trouxemos dicas que vão te auxiliar bastante nessa escolha!

Antes de qualquer coisa, é essencial que você já tenha as medidas do espaço disponível para os móveis da sala de jantar, o que determinará o tipo de mesa para sua realidade. Para um apartamento pequeno, por exemplo, não adianta pensar em uma mesa de 10 lugares, não é mesmo?

Considere também a necessidade de outros tipos de mobília para complementar o ambiente, como cristaleiras, adegas, bares, aparadores, buffets, entre outras opções. Objetos de decoração também devem ser levados em consideração, já que itens como tapetes, quadros e espelhos, por exemplo, podem afetar a disposição ideal para os móveis.

Então, tenha em mente o tamanho da mesa que precisa. Lembre-se: não é só o espaço da mesa em si, pois você precisa reservar espaço para circulação de 80 a 120 cm entre as cadeiras e as paredes.

Sem mais delongas, vamos às dicas de como escolher mesa de jantar! 🙂

Considere formatos, medidas e lugares

As medidas são bastantes variadas, mas normalmente estão atreladas ao formato da mesa e, consequentemente, ao espaço que se tem disponível na sala de jantar. Antes de ver cada modelo, confira as medidas e quantos lugares comportam.

Dimensões de conjunto de mesas e cadeiras
Pinterest

Mesa quadrada

Esse modelo é fabricado em diversos tamanhos: embora comporte de quatro a mais lugares, é mais popular nas versões compactas (diferentemente da mesa retangular).

Se você tem em casa duas pessoas, os modelos de quatro lugares atendem bem a sua necessidade e ainda comportam até duas pessoas a mais, em caso de visitas.

Mesa retangular

Mais indicada para ambientes maiores e em caso de mais de quatro moradores no lar, já que normalmente tem de seis a mais lugares (perfeito também para visitas).

Hoje em dia, com a popularização dos apartamentos (principalmente os mais compactos) já se pode encontrar modelos de quatro lugares. Mas, nesse caso, o mais indicado é o modelo quadrado, pois atende à necessidade sem ocupar tanto espaço quanto a retangular.

A mesa retangular de quatro lugares pode ser muito útil caso você tenha uma sala mais comprida, em que o formato da mesa acompanha o ambiente aproveitando melhor o espaço.

Mesa redonda

O modelo de mesa circular é ótimo tanto para o lar com poucas pessoas quanto para as famílias maiores. O formato sem pontas permite apertar um pouquinho para acrescentar cadeiras à mesa, em caso de “emergência”.

Esse modelo também facilita a circulação à sua volta, sem falar que acaba promovendo mais que os outros modelos a interação entre as pessoas devido ao seu formato integrador.

Mesa oval

A mesa oval é ótima para quem precisa de muitos lugares e, ao mesmo tempo, precisa economizar espaço: comporta o mesmo número de lugares que a retangular, só que sem os cantos da mesa. Isso economiza bastante espaço.

Além disso, para os papais de plantão, é menos uma preocupação: sem as quinas, a chance de acidente com as crianças diminui muito.

Mesa de canto

A mesa de canto (ou o “canto alemão”, como também é chamada) é aquela mesa acompanhada por um sofá, que fica na parede e pode ou não ter o formato de L.

É uma boa para quem não tem tanto espaço e quer aproveitar bem algum canto disponível. Já que o sofá fica na parede, não é necessário pensar em espaço para circulação ou para puxar cadeira.

Decida que tipo de pés de mesa você prefere

Na hora de ver como escolher a mesa de jantar, considere o estilo de decoração que você adotou para sua sala de jantar e a sua preferência em termos de conforto.

Pés nos cantos

Pés nos cantos da mesa costumam garantir o conforto, pois liberam espaço para as pernas e pés abaixo da mesa, além de comportar melhor as cadeiras “guardadas” (com os assentos de baixo da mesa). A segurança e estabilidade do tampo é maior: apoie-se à vontade.

Pés no centro

Ao invés de ter pés canteiros, muitas mesas contam com suporte central para o tampo. Normalmente, mais frequente em mesas circulares. No entanto, com novas propostas de design, muitas mesas quadradas e retangulares tem essa mesma estrutura.

O cuidado com esse tipo de pé é que a instabilidade do tampo costuma ser maior: cuidado para não apoiar muito peso nas bordas ou só de um lado da mesa. Além disso, esse tipo de pé dificulta a colocação das cadeiras para “dentro” da mesa.

Tipos de materiais

São muitas as opções de material para a mesa de jantar. Ele não precisa ser o mesmo que das demais mobílias da sala, mas precisa ser harmônico.

Mesa com tampo de madeira

Mesas em madeira contemplam um material bastante clássico e durável — com cuidado adequado, pode durar muitos anos. Porém, passa a sensação de volume e peso. Em ambientes pequenos, deve ser usado com cautela. A mesma coisa para as pedras (mármore, granito e outras).

Mesa com tampo transparente

Já a transparência da mesa de vidro e do policarbonato são perfeitas para ambientes pequenos porque se tornam quase imperceptíveis, e a impressão é que o ambiente é maior do que realmente é. No entanto, o vidro exige cuidado: nada de panelas quentes, por exemplo, diretamente sobre a peça. Além disso, o vidro não é recomendado para casa com crianças pequenas.

Atenção às cadeiras!

Você pode tanto comprar um conjunto de mesa de jantar quanto adquirir as cadeiras de jantar à parte. Apenas cuide para o visual ficar harmônico.

Cadeiras grandes ocupam espaço e podem dificultar o deslocamento na peça, podendo não se adaptar bem em todos os tipos de ambiente. Se você tem muito espaço, não precisa se preocupar com isso.

Já para ambientes pequenos, as cadeiras leves, menores e sem braços são mais indicadas. Assim são mais fáceis de mover, além de poderem ser guardadas embaixo da mesa, aproveitando bem o espaço.

Além disso, contanto que a altura seja condizente com a da mesa, você também pode ser criativo! Sofás de canto, banquetas ou mesmo puffs no lugar das cadeiras podem ser uma boa ideia. Outra maneira de inovar é contar com móveis planejados, onde você escolhe tudo do jeitinho que quiser!

Curtiu nossas dicas? Esperamos que elas tenham te ajudado a ter uma casa ainda mais linda e cheia de personalidade! Ah, e conta pra gente nos comentários como você compôs a sua sala de jantar? Talvez você também ensine como escolher a mesa de jantar para outra pessoa! Até a próxima 🙂

Deixe um comentário